Mais Lidas

Susto daqueles

Porta de avião com ex-ministro da Justiça abre em pleno voo

Ex-ministro de Dilma estava entre os passageiros assustados

acessibilidade:

O ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão levou ontem um grande susto, já no primeiro dia como aposentado do Ministério Público Federal. Ele e outros 124 passageiros estavam no voo 6342 da Avianca, que saiu às 11h30 de Brasília para João Pessoa, e retornou às pressas após uma das portas se abrir em pleno voo. O ex-ministro não foi encontrado para comentar, mas passageiros relataram que ele permaneceu calmo. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A Avianca não negou o incidente, mas destacou que o comandante fez opção por retornar a Brasília, e os passageiros viajaram às 14h30.

A abertura da porta durante o voo provoca despressurização da cabine, o que inviabiliza a respiração, por isso caem máscaras de oxigênio.

Em casos de despressurização, o piloto desce para um nível de voo mais baixo, onde a respiração é possível. Foi o que aconteceu.

Em nova nota, divulgada neste sábado, a Avianca nega que tenha ocorrido a abertura da porta e afirma que o comendante decidiu retornar a Brasília após detectar "indicação atípica" no painel. "Em momento algum houve abertura de qualquer porta durante o voo, despressurização ou risco à segurança dos passageiros e tripulantes. O comandante optou por voltar a Brasília apenas por precaução, para solicitar inspeção do painel".