Mais Lidas

Estudo

População carcerária aumentou cerca de 30% em cinco anos

A informação consta no Relatório Mundial sobre Direitos Humanos divulgado nesta terça

acessibilidade:

prisaoA população carcerária do Brasil cresceu aproximadamente 30% nos últimos cinco anos. A informação consta no Relatório Mundial sobre Direitos Humanos que foi divulgado nesta terça-feira (21) pela organização não governamental Human Rights Watch (HRW). Segundo a entidade, o número de presos é maior que meio milhão de pessoas. Trata-se de 43% a mais da atual capacidade do sistema prisional. Além desses, outros 20 mil adolescentes cumprem medidas socioeducativas com privação de liberdade.

O documento, baseado no Sistema Integrado de Informações Penitenciárias (InfoPen), do Ministério da Justiça, informa ainda que os atrasos no poder Judiciário contribui para a superlotação dos presídios, já que quase 200 mil presos ainda aguardam julgamento. Ainda segundo o estudo, o estado do Piauí é recordista de presos provisórios: 66% do total de encarcerados. No estado há também muita propagação de doenças porque os presos não têm acesso à assistência médica adequada.

Esta é a 24ª edição do Relatório Mundial sobre Direitos Humanos, que avalia as práticas adotadas em mais de 90 países.

Vídeos Relacionados