Mais Lidas

Tragédia

Polícia suíça ainda não divulgou nome de brasileiro que morreu no lago

Ele tinha 30 anos e morreu ao cair da prancha nas águas geladas

acessibilidade:

A polícia suíça não divulgou a identidade do turista de 30 anos de idade que morreu afogado ao praticar stand up paddle no lago Lemano ou Lago de Genebra, mas nas imediações de Vaud e Lutry (a cerca de 70 km de Genebra). O lago divide a Suíça da França.

O nome da vítima somente será liberado depois de o corpo vir a ser reclamado pela família. Ele estava hospedado em casa de amigos, em Genebra, onde o consulado-geral do Brasil não recebeu qualquer comunicado.

Aparentemente ele caiu da prancha e não conseguiu recuperá-la. Ele já estava embaixo d'água quando a equipe de resgate chegou, por volta das 23h20 desta quarta-feira. 

Apesar de suas águas geladas, os lagos suíços têm sido muito procurados por turistas para a prática de esportes, já que as temperaturas estão mais altas no país – mas muito abaixo da temperatura média de lagos e praias brasileiras.

O Lac Lemán ou Lac de Genève (Lago de Lemano ou Lago de Genebra, em português) tem 73km de comprimento e 13,8km de largura, é o segundo maior lago da Europa Ocidental.