Mais Lidas

Tragédia

Polícia identifica atirador que deixou 26 mortos no Texas, Estados Unidos

Trump afirma que ataque não tem relação com políticas de armamento do país

acessibilidade:

O atirador abriu fogo em uma igreja na cidade de Sutherland Springs, no Texas, Estados Unidos, foi identificado pela Polícia do Texas como Devin P. Kelley, de 26 anos, que já fez parte da Força Aérea americana.

O ataque deste domingo (5) deixou 26 mortos, confirmou o governador do Texas, Greg Abbott. Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas. Abbott afirma que este foi o maior ataque a tiros na história do Estado.

O homem foi encontrado morto pela polícia local, após perseguição. As autoridades não confirmam se o atirador cometeu suicídio ou se foi morto por um morador armado, que confrontou e seguiu o suspeito. Várias armas e munições foram encontradas pelos policiais no carro do atirador.

Em entrevista coletiva no Japão, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lamentou o ocorrido e afirmou que o ataque não tem relação com as políticas de armamento do país. Trump afirma que o ataque é um “problema de saúde mental no mais alto nível.”

Reportar Erro