Mais Lidas

Racha dos Aliados

PMDB quer investigar Petrobras e rejeita regulação da internet

Liderado por Cunha, blocão vota contra interesses do PT

acessibilidade:

O PT corre contra o tempo para aprovar o marco civil da internet e para sufocar a criação da comissão parlamentar que deve ir a Holanda investigar denúncias de fraude na Petrobrás. No que depender do PMDB, a vida corrida será em vão. De acordo com Eduardo Cunha, líder peemedebista na Câmara, a bancada do partido vai votar contra o marco civil e a favor da criação da comissão.

Cunha ponderou que o PMDB não rompeu com Dilma, ?A bancada está insatisfeita com a condução da aliança, mas isso não significa rompimento com o governo ou com o PT?, declarou Cunha.

E, apesar das tentativas do Planalto em isolar Eduardo Cunha, a bancada do PMDB na Câmara nota com cinco pontos fundamentais para o partido. O primeiro tópico destaca apoio ao líder. Veja os pontos:

– apoio irrestrito ao líder do partido, Eduardo Cunha, “dos ataques despropositados do PT que atingiram prontalmente o PMDB”;

– reiterar  Eduardo Cunha como interlocutor único da bancada;

– reafirmar a decisão do partido de não indicar nomes para ministérios;

– reconfirmar a intenção da legenda de conduzir os trabalhos no Legislativo com independência; e

– defender a convocação de uma convenção para decidir a continuidade ou não de uma aliança com o PT.