Caravana pelo Brasil

PMDB 'precisa' ter a Presidência da República em 2018, diz Temer

Apesar da declaração, vice disse que não será o candidato

acessibilidade:

O vice-presidente Michel Temer voltou a dizer nesta segunda-feira, 15, que seu partido, o PMDB, “precisa ter a Presidência da República em 2018”. A declaração foi feita durante seu discurso em uma reunião com lideranças do partido, em Belo Horizonte, em que se discutiu a convenção nacional da legenda, marcada para março.

“Nós temos novos prefeitos, vereadores, deputados estaduais, federais, senadores, a presidência da Câmara [dos Deputados], a presidência do Senado, modestamente a Vice-Presidência da República. Nós temos poder político. O que nós precisamos é ter a Presidência da República em 2018″, afirmou o vice-presidente.

Após o discurso, Temer acrescentou que “o tempo agora é do PMDB”, mas adiantou que não será o candidato do partido à Presidência da República em 2018.

Ele disse ainda que o poder político que o PMDB possue atualmente não é suficiente para executar aquilo em que a legenda acredita. "Enquanto nós não tivermos isso, nós ficamos apenas no verbo. E o verbo hoje não tem sido suficiente. Nós temos que ter meio, caneta, para executar aquilo que o verbo peemedebista relata, escreve", afirmou.

A ida a Temer a Belo Horizonte é mais uma etapa de uma série de viagens que tem feito pelo país em busca de apoio para sua reeleição para o comando do PMDB. A escolha ocorrerá na Convenção Nacional da legenda, marcada para março.

Reportar Erro