Mais Lidas

Não é aliado

Pinato deixa o Conselho de Ética da Câmara e pode ajudar Cunha

Enquanto o PRB não indica outro deputado, Marcos Rogério assume

acessibilidade:

Ex-relator do processo disciplinar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Fausto Pinato (PP-SP) renunciou à sua vaga no Conselho de Ética. Pinato era o segundo vice-presidente do colegiado e um dos votos contra o peemedebista.

A vaga de Pinato pertence ao PRB, que ainda não indicou nenhum parlamentar para a vaga. Assim, o conselho está hoje sem dois titulares: Pinato e o deputado Mauro Lopes (PMDB-MG), que está fora do exercício do mandato.

Em dezembro, Pinato foi destituído após decisão do vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), aliado de Cunha. A medida tumultuou os trabalhos do Conselho e o presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), escolheu Marcos Rogério (DEM-RO) para substituir Pinato. (AE)

Reportar Erro