Ladeira abaixo

Petrobras registra menor valor de mercado em 9 anos

Em queda na Bolsa, Petrobras registra menor valor de mercado em 9 anos

acessibilidade:

A Petrobras atingiu nesta segunda-feira (8) o menor valor de mercado dos últimos nove anos e derrubou a Bovespa (queda de 3,31%).  As ações preferenciais da estatal registraram forte queda de 6,19% e fecharam em R$ 11,50. As ações ordinárias recuaram 6,37%, fechando em R$ 10,72.

O índice ficou abaixo do fechamento da Bovespa do dia 28 de novembro de 2005, quando foi registrado o menor valor de fechamento das preferenciais da petroleira, com os papeis valendo R$ 11.53. Já a mínima de fechamento das ordinárias era de R$ 10,78, em 13 de junho de 2005.

Um dos motivos da queda no valor das ações da estatal é a cotação do barril do commodity que, no fechamento, o barril de petróleo WTI  era negociado em queda de 3,2% em Nova York e o Brent recuava 2,97%. Ambas as cotações estão na casa dos US$ 60,00.

O balanço não auditado da Petrobras, que deve sair na sexta-feira (12), e o impacto das investigações de corrupção na empresa também puxam para baixo os papéis da companhia.

Na última sexta-feira (5), o ranking das empresas mais valiosas do Brasil começou a ganhar novos contornos. O Bradesco, segundo maior banco privado do País, alcançou a Petrobrás em valor de mercado. Levantamento da empresa de informação financeira Economatica para o jornal ?O Estado de S. Paulo?, aponta que a estatal encerrou o último pregão da semana na terceira posição da lista, atrás de Ambev e Itaú Unibanco, e empatada com o Bradesco ? ambas valendo R$ 153,9 bilhões.

Reportar Erro