Mais Lidas

Semana curta

Pautas econômicas devem ser apreciadas no Congresso nesta semana

Entre os assuntos relevantes para o governo está a votação do texto de meta fiscal

acessibilidade:

Apesar de curta, a semana no Congresso Nacional deve ser marcada pela apreciação de pautas econômicas relevantes para o governo do presidente Michel Temer. A partir das 14h desta terça-feira, o Senado começará a analisar a Medida Provisória 777, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) como nova referência para os empréstimos concedidos pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

A MP precisa ser discutida e votada pelos parlamentares sob risco de perder seus efeitos no dia 7 de setembro, quando expira o prazo de validade da medida.

Na mesma sessão, os senadores devem votar também a indicação de Maurício de Moura para a diretoria de Administração do Banco Central e Paulo Sérgio de Souza, para a diretoria de Fiscalização do BC.

Ainda para esta terça-feira está marcada uma sessão conjunta do Congresso Nacional, às 19h, que deve concluir a votação do projeto de lei que muda a meta fiscal de 2017 e 2018.

A mudança da meta já foi aprovada na semana passada, mas o Congresso Nacional não concluiu a votação do projeto que elevou para R$ 159 bilhões o déficit fiscal de 2017 e 2018.

Deputados e senadores precisam analisar os dois destaques restantes. A orientação do líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), é para que os itens sejam rejeitados, como foram os três primeiros destaques.

Com a aprovação, o projeto poderá ser sancionado para que a equipe econômica envie as alterações ao Orçamento Geral da União de 2018, que foi entregue ao Congresso na semana passada ainda com a meta de déficit primário de R$ 129 bilhões. (AE)

Vídeos Relacionados