Golpe de esperteza

Patriota aproveita ausência de Ferraço para realizar sua sabatina

Aproveitou ausência de senador de quem sente medo, para ir a sabatina

acessibilidade:

O ex-chanceler Antonio Patriota deu um golpe de esperteza hoje na Comissão das Relações Exteriores (CRE) do Senado Federal. Ele aproveitou que o presidente da Comissão e seu crítico, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), estaria fora do Congresso e pediu ao senador Jorge Viana (PT-AC), integrante da CRE, para marcar sua sabatina às pressas, extra pauta.

A senadora Ana Amélia (PP-RS), que preside a sessão, marcou a votação da indicação do ex-ministro Patriota, demitido há  30 dias, para chefiar a missão brasileira nas Nações Unidas. E o ex-chanceler recebeu a aprovação,  por unanimidade, pelo Senado, para assumir o cargo de representante permanente do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU). Patriota foi dispensado pela presidenta Dilma Rousseff após o episódio do senador boliviano de oposição, Roger Molina, que fugiu da embaixada do Brasil em La Paz, onde estava asilado há 455 dias, com a ajuda de diplomatas brasileiros.