Mais Lidas

Eleição na Fifa

Paraguai esnoba Zico e apoia Platini para presidente da Fifa

Vizinhos do Brasil decidem apoiar o francês Platini para a Fifa

acessibilidade:

A Associação Paraguaia de Futebol ignorou a candidatura do ex-craque Zico, do vizinho Brasil, e divulgou neste domingo que se ofereceu para ser um dos apoiadores oficiais da candidatura de Michel Platini para a presidência da Fifa, segundo carta enviada à Fifa e publicada pelo site oficial da entidade.

Para oficializarem sua candidatura, os candidatos à presidência da Fifa devem apresentar, por escrito, o apoio de pelo menos cinco associações nacionais de futebol até o dia 26 de outubro, quatro meses antes da eleição.

"A Associação Paraguaia de Futebol (APF) tem a honra de oferecer oficialmente o seu apoio à candidatura de Michel Platini à presidência da Fifa", disse a associação em carta endereçada ao secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke.

O ex-craque francês e presidente do órgão máximo do futebol europeu, a Uefa, é o favorito neste início de campanha para substituir Joseph Blatter no comando da Fifa.

O sul-coreano Chung Mong-joon, o ex-astro brasileiro Zico e o presidente da federação da Libéria, Musa Bility, também anunciaram que irão concorrer à disputa presidencial em fevereiro. Entre eles, Zico afirmou que poderá ter dificuldade para arregimentar cinco apoiadores oficiais.

Atual presidente da Fifa, Blatter foi reeleito para um quinto mandato na entidade no dia 29 de maio. Mas quatro dias depois entregou seu cargo, justamente porque a entidade máxima do futebol mundial se viu envolvida em uma série de escândalos, vivendo a pior crise de sua história. As eleições da Fifa estipulam que cada um dos seus 209 membros tenha direito a um voto na disputa.

Reportar Erro