Em campanha

Para Campos, Mais Médicos é resultado da falta de planejamento

Governador discursou e foi aplaudido por médicos em Congresso, em Olinda

acessibilidade:

Aspirante a disputar a Presidência, o governador Eduardo Campos (PSB-PE) afirmou neste domingo (20) em palestra no 51º Congresso Brasileiro de Educação Médica, em Olinda (PE), que o programa Mais Médicos é resultado de falta de planejamento do governo federal. “O Brasil falhou no planejamento da formação de pessoas para uma área essencial da expressão da cidadania brasileira”, declarou sob aplausos.

“É preciso que se tomem as providências hoje para não ser uma coisa permanente na vida brasileira você estar precisando importar médicos”, disse Campos, depois, em coletiva de imprensa. “Se você não fizer cenários e planejamento, você fica administrando o dia a dia e dá nisso.”

O secretário de Gestão da Educação e do Trabalho em Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales, que representou o ministro Alexandre Padilha (Saúde), não abordou o Mais Médicos em seu discurso e foi vaiado ao final da fala.