Adega luxuosa

Oposição reage à luxuosa 'adega diplomática' do ex-presidente Lula

Oposição reage à adega de Lula: fim da picada, diz líder do DEM

acessibilidade:

Até a oposição reagiu com espanto à acusação de como Lula teria acumulado a valiosa adega, na reta final do governo: suas viagens ao exterior eram precedidas de telefonemas do Planalto aos embaixadores informando que o então presidente “esperava receber de presente” os vinhos cuja lista era depois enviada. “É o fim da picada”, diz Pauderney Avelino (DEM-AM), que não descarta cobrar explicações do Itamaraty.

Para o senador Alvaro Dias (PV-PR), um dos principais opositores do PT, “é a velha prática de misturar o público e privado”.

“No Brasil, temos milhares de outros bêbados mais honestos do que o Lula”, ironiza Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ). “E ainda posa de santo”.

Caminhão climatizado levou os vinhos, na volta de Lula para São Paulo, em janeiro de 2011. Foram usados 11 caminhões na mudança. Leia na Coluna Cláudio Humberto.

Reportar Erro