Mais Lidas

Nova Operação

Operação da PF combate fraude na Casa da Moeda

Servidores da Receita teriam recebido R$ 100 milhões em propina

acessibilidade:

A Polícia Fedeal cumpre nesta quarta-feira (1º) exatos 29 mandados de busca e apreensão numa operação determinada pela Justiça para combater fraude, na Casa da Moeda do Brasil, com selos de controle na cpmercialização de bebidas alcoólicas no Brasil.

Os nomes dos alvos ainda não foram divulgados, mas já se sabe que a fraude pode ser bilionária. Os mandados da PF estão sendo cumpridos no Rio de Janeiro, em São Paulo e Brasília.

Iniciadas há dois anos, as investigações verificaram fraude em contrato referente à implantação do sistema de controle da produção de bebidas (Sicobe), da Casa da Moeda.

Segundo a PF, foi mais de R$ 6 bilhões o faturamento nos últimos seis anos, nessa contratação. Srvidores da Receita Federal e da Casa da Moeda teriam recebido cerca de R$ 100 milhões em propina. A PF investiga se houve fraude na contratação do Sicobe.

Em 2012, o então presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci foi demitido do cargo após a imprensa revelar suspeitas de recebimento de propina de fornecedores do órgão por meio de firmar abertas no exterior em nome dele e da filha. Denucci havia sido indicado para o cargo pelo PTB e foi mantido no posto pelo então ministro da Fazenda Guido Mantega mesmo após perder o apoio da sigla.