Mais Lidas

Após denúncia

Operação Carro-pipa, no Piauí, será monitorada eletronicamente

A informação é do coordenador da ação, Coronel Jackson Figueiredo

acessibilidade:

carro pipaO coordenador da operação Carro-pipa do Piauí, Coronel Jackson Figueiredo, informou nesta quinta-feira (5) que será implantado um monitoramento eletrônico da água entregue pelos pipeiros. A atitude vem depois que o Fantástico revelou, no último domingo, que o Exército distribui água contaminada para a população do semiárido.

São, ao todo, 800 caminhões cadastrados no programa e desses, apenas 600 estão atuando no abastecimento de municípios do estado. Segundo Jackson, o trabalho é feito por meio de uma ?cooperação técnico-financeira entre o Ministério da Defesa e o Ministério da Integração?, que atuam em todo semiárido e no Norte dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

O coordenador garante que a fiscalização é feita mensalmente em todos os municípios atendidos, mas prometeu melhorar o monitoramento. ?Usaremos um equipamento, que é um módulo embarcado, que vai nos possibilitar monitorar o carro-pipa do momento que ele pega a água no ponto de coleta até a cisterna onde entregará a água?, afirmou.