Mais Lidas

O olhinho do governador

acessibilidade:

Costa Rêgo governou Alagoas, nos anos 50, e não dava confiança a ninguém, exceto ao garotinho Renato, filho do amigo e senador Fernandes Lima, que ganhou um olho de vidro após um acidente doméstico. Um dia passou a morar em Maceió uma bela francesinha, por quem Costa Rêgo se apaixonou, exercitando seu francês. As visitas a ela eram freqüentes e o falatório ganhava as ruas. Fernandes Lima decidiu advertir o amigo:

– O povo já está falando e isso não fica bem para o senhor.

– Ora, senador, o Renatinho não tem um olho de vidro?…

– Tem…

– Ele tem um olho de vidro porque gosta ou por necessidade?

– Por necessidade, é claro – respondeu Fernandes Lima.

O governador olhou o amigo fixamente e sentenciou:

– Deixe a francesa em paz. Ela é o meu olho de vidro.

Vídeos Relacionados