Mais Lidas

O dono da grana

acessibilidade:

Nos anos 1950, uma CPI investigava a ligação entre o governo Getúlio Vargas e o jornal Última Hora, de Samuel Wainer. O conde Francisco Matarazzo era interrogado pelo deputado Carlos Lacerda, ferrenho opositor de Getúlio:

– Sr. Matarazzo, o senhor deu dinheiro ao Samuel Wainer?

– Dei, sim – respondeu o rico empresário, sem pestanejar.

– E por que? – inquiriu Lacerda, desafiador.

– Ué! Dei porque o dinheiro é meu e faço dele o que bem quiser.

E encerrou a discussão.