Enquanto isso...

Na Índia, partido usa câmeras para evitar compra de votos

Distribuição de bebidas pelo voto dos indecisos é prática comum no país

acessibilidade:

Na véspera das eleições em Nova Délhi, o partido do candidato favorito, Arvind Kejriwal, providenciou a instalação de duas mil câmeras na periferia da capital indiana. O objetivo é ?vigiar? a atuação dos rivais que podem tentar comprar votos com bebidas e dinheiro.

De acordo com a imprensa local, voluntários do partido já pegaram alguns políticos distribuindo garrafas de uísque em um posto de votação. “Queremos impedir a velha prática de compra de votos com álcool”, disse um representante da legenda.

Assim como no Brasil, a venda e o consumo de álcool são proibidos no dia da eleição, mas a prática de distribuir bebidas alcoólicas é adotada por muitos candidatos para conseguir os votos dos indecisos.