Lava Jato

Moro manda prender mais seis em São Paulo, Santo André, São Bernardo e SC

Operação Triplo X tem mais 15 mandados de busca e 2 de condução

acessibilidade:

A 22ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira (27) em São Paulo e Santa Catarina, com o cumprimento de 23 mandados expedidos pelo juiz federal Sergio Moro, sendo 6 de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.

A ação policial mobiliza 80 policiais em São Paulo, na capital, Santo André e São Bernardo, e em Santa Catarina na cidade de Joaçaba. A operação Triplo X e apura estrutura criminosa destinada a proporcionar a investigados na operação policial a abertura de empresas off-shores e contas no exterior para ocultar e dissimular o produto dos crimes de corrupção, notadamente recursos oriundos de delitos praticados na Petrobras.

Entre os crimes investigados na atual fase estão corrupção, fraude, evasão de divisas e lavagem de dinheiro..

A prisão temporária tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado. Os presos serão levados para a Superintendência da PF, em Curitiba.

Reportar Erro