Mais Lidas

Flagrante

Moradores do Lago Sul estão assustados com assaltos ocorridos no fim de semana

Neste sábado, bandidos entraram em uma casa na QL 24 e levaram tudo

acessibilidade:
O Major Danzmann, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, já solicitou a filmagem original da câmera de segurança (Foto: Arquivo Pessoal)

Os moradores do Lago Sul estão assustados com a onda de violência na região. No sábado (5), uma casa na QL 24 foi assaltada pela manhã, os bandidos arrombaram dois cofres, reviraram todos os cômodos da residência e levaram diversos pertences de valor.

No mesmo dia, durante a tarde, um morador da QI 5, do conjunto de chácaras, conseguiu escapar de uma emboscada, na frente de sua casa. Enquanto esperava o portão abrir, o motorista foi surpreendido por um bandido que estava em uma moto. Felizmente o morador conseguiu entrar na casa, o assaltante quase invadiu a residência, mas desistiu e foi embora. Segundo informações de moradores, o Major Danzmann, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, já solicitou a filmagem original da câmera de segurança,

Em um grupo de WhatsApp,  moradores relatam outros casos de assaltos que ocorreram recentemente na região. Um deles ressalta. “É melhor o pessoal que mora no Lago ficar esperto”.

Diário do Poder conversou com o comandante do 5º Batalhão Polícia Militar, Major Danzmann, que ressaltou a importância da rede de contatos formada por moradores e o trabalho em interação com a Polícia Militar. Segundo Danzmann, no Lago Sul, os dois tipos criminais que ocorrem na região são, furto a residências e furto a veículos. O major ressalta a importância da população se manter atenta. “E evitar criar oportunidades para o delito”.

O major dá dicas para moradores de casas: “É importante que as casas tenham uma fachada que permitam a vigilância natural, uma maior possibilidade de ver e ser visto, o ladrão terá receio de ser visto enquanto estiver dentro da residência. Outra dica é que a sinalização da casa seja fácil de ser vista, assim é mais fácil informar a polícia com exatidão onde está ocorrendo um crime. Entre outras dicas, criar cães treinados, ou seja, tomar providências que dificultem o trabalho do assaltante”.

Os moradores do Lago Sul elogiam o trabalho realizado pela PM na região. De acordo com os dados do relatório da Secretaria de Segurança Pública, de janeiro a março de 2018, foi registrada a queda de 32% nos crimes de roubo, furto em residências quando comparados ao mesmo período do ano passado.

IFrame