Eleições na Ucrânia

Ministro diz que só negocia se houver apoio russo às eleições

acessibilidade:

O ministro das Relações Exteriores interino da Ucrânia, Andrii Deshchytsia, afirmou hoje (6) que seu país só estará aberto a negociar na nova rodada de Genebra caso a Rússia apoie oficialmente as eleições presidenciais ucranianas.

De acordo com Deshchytsia, esse seria o primeiro passo para eliminar a ?ameaça? que a Rússia representa hoje para a Ucrânia. ?Se a Rússia estiver pronta para se comprometer com o apoio às eleições e cortar o suporte dado aos extremistas na Ucrânia, nós estaremos prontos para novos encontros?, disse o ministro.

As declarações foram dadas logo após o homólogo russo, Sergei Lavrov, dizer que achava ?incomum? a realização de eleições presidenciais na Ucrânia enquanto o governo aciona as Forças Armadas contra ?seu povo?.

Reportar Erro