Mais Lidas

Derrota na Câmara

Ministro Cardozo age para adiar Marco Civil da Internet

Governo teme que projeto seja rejeitado pelos deputados

acessibilidade:

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, procurou na manhã de hoje o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para pedir a retirada do Marco Civil da Internet da pauta de votação da Casa. O movimento tenta evitar uma nova derrota do governo um dia após a aprovação da comissão externa que vai investigar denúncias de pagamento de propina a servidores da Petrobras.

Ontem (12) o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), afirmou que o partido votaria a favor da criação da comissão. Prevendo uma nova derrota para os rebelados que ameaçam rejeitar o texto defendido pelo governo, o Planalto escalou Cardozo para suspender a votação do Marco Civil. Alves já ouviu alguns líderes partidários sobre a suspensão da proposta, o que pode acontecer ainda hoje. A bancada do PMDB deve concordar com o adiamento, mas querem a votação do texto na semana que vem.