Mais Lidas

Petrolão

Michel Temer nega 'relação próxima' a Jorge Zelada

Senador Delcídio teria citado à PF o nome do vice-presidente

acessibilidade:

O vice-presidente Michel Temer negou nesta sexta-feira, 27, que mantenha uma “relação próxima” a Jorge Zelada, ex-diretor da Área Internacional da Petrobrás, que foi preso em julho pela Operação Lava Jato.

A suspeita foi levantada pelo senador Delcídio do Amaral (PT-MS), durante depoimento à Polícia Federal. Questionado sobre como seriam essas relações, o ex-líder do governo preferiu não responder. As informações foram reveladas pela Globonews, que teve acesso ao documento.

A nota da assessoria de imprensa do vice-presidente da República afirma que o vice repudia “veementemente” as declarações de Delcídio e diz que Temer foi apresentado a Zelada em 2007, quando ele foi indicado para assumir o cargo na Petrobrás. “O presidente do PMDB (Temer) não o indicou nem trabalhou pela sua manutenção no cargo”, diz o texto.

Zelada é acusado de receber propina do esquema da Petrobrás e teria chegado ao cargo com apoio do PMDB. Nas gravações feitas pelo filho do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró, Delcídio disse que o vice estaria preocupado com a delação de Zelada, que substituiu Cerveró na diretoria da Área Internacional da estatal. (AE)

Vídeos Relacionados