Mais Lidas

Racha no PMDB

Mesa Diretora não reconhece manobra para devolver liderança do PMDB a Picciani

O mais 'dilmista' dos peemedebistas, Picciani não será líder

acessibilidade:

A mesa diretora da Câmara Legislativa informou que não vai acolher documento assinado por 36 dos 67 deputados feerais do PMDB apoiando o retorno de Leonardo Picciani (RJ) à liderança do PMDB.

Picciani foi afastado por outro documento, da semana pasada, em que documento idêntico foi protocolado pelo deputado Leonardo Quintão (MG), que imediatamente foi acolhido pela mesa diretora.

Qualquer deputado pode assumir a liderança do PMDB, desde que apresente uma lista de apoio de ao menos metade da bancada. Nem é necessária a "metade mais um" em disputas do gênero.

Picciani foi eleito líder do PMDB com o apoio do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, mas acabou sendo "aliciado" pelo Paralácio do Planalto em troca da indicação de dois ministros. A partir de então, o líder do PMDB passou a ser acusação de "traição" pelos aliados de Cunha. Sua destituição da liderança ocorreu após o presidente da Câmara liderar a vitória da chapa independente de deputados para compor a comissão processante do impeachment.

Reportar Erro