Mais Lidas

Cessar-fogo

Merkel exige da Rússia e Ucrânia que cumpram acordo

Chanceler ameaça desistir de cúpula se não houver um progresso real

acessibilidade:

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse aos líderes da Rússia e da Ucrânia que ela não está preparada para participar de uma cúpula de quatro nações sobre o conflito da Ucrânia enquanto não houver chance de um progresso real. Ela pediu o cumprimento do acordo de paz entre os países.

Depois de uma conversa com os presidentes Vladimir Putin, da Rússia, e Petro Poroshenko, da Ucrânia, por telefone neste sábado, Merkel se encontrou com Poroshenko e o presidente francês Francois Hollande em Paris. Os três líderes estiveram na capital francesa para participar da marcha em respeito às vitimas de ataques terroristas.

Autoridades da França, Ucrânia e Alemanha confirmaram que a conversa durou cerca de 15 minutos, mas não deram detalhes. Uma fonte do governo francês disse que o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, que também esteve em Paris para a marcha, não participou do encontro.

Os líderes da Alemanha, Rússia, Ucrânia e França estão trabalhando para agendar uma possível reunião em Astana, no Cazaquistão. O escritório de Merkel disse que ainda não está claro se a reunião irá ocorrer.

Em conversas com Putin e Poroshenko, Merkel ressaltou que, para que o encontrou pudesse ser bem sucedido, seria necessário progresso na implementação de um acordo de paz, diversas vezes violado desde que foi concebido em setembro de 2014. Merkel insistiu que todos os pontos do acordo têm que ser cumpridos.

Os ministros de Relações Exteriores dos quatro países vão se encontrar em Berlim na segunda-feira. (Associated Press)