Manda quem pode

acessibilidade:

Manda quem podeAdhemar de Barros era um jovem médico e frequentava o gabinete do governador de São Paulo. Dava palpites, tentando ajudar o chefe de governo a não cometer erros, mas não era levados muito a sério. Certo dia ele sumiu, para reaparecer semanas depois, pedindo para falar com o governador. Deram-lhe um chá de cadeira e depois o chefe de gabinete se desculpou:

– O senhor governador manda dizer que, infelizmente, não vai poder atende-lo.

– Pois volte lá e diga ao governador que o governador sou eu!

Trazia no bolso o ato de Getúlio Vargas nomeando-o interventor federal.

Reportar Erro