Mais Lidas

Evento perigoso

ANP pede reforço de segurança no leilão do Campo de Libra

O leilão está marcado para a próxima segunda-feira, no Rio de Janeiro

acessibilidade:

A diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Magda Chambriard, prometeu nesta quinta-feira (17) que vai reforçar a segurança no leilão da primeira rodada de licitação do pré-sal. Isso porque há indícios de protestos violentos contra o ato. ?É obrigação nossa fazer esquema de segurança para todas as rodadas de licitação”, declarou. “Sempre teve esquema de segurança, mas estamos em um período de manifestação no Rio de Janeiro em que há protestos pacíficos acabando em vandalismo. Você acha que eu posso bobear? Temos que preservar”, completou.

O leilão acontecerá na próxima segunda-feira no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Militares do Exército participarão do evento. As rodadas de licitação de campos de petróleo são criticadas por movimentos sociais e sindicatos como o dos petroleiros, que defendem a volta do monopólio estatal na produção do petróleo.

Mesmo com as ameaças de manifestações violentas Magda garante: ?Não existe nenhuma possibilidade de o leilão ser adiado?. A área de Libra, que será oferecida na licitação, tem reserva estimada entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris de petróleo. Onze empresas demonstraram interesse em participar do leilão.