Mais Lidas

Banditismo

Lulistas emporcalham prédios da Justiça no Rio e juízes protestam

Delinquentes não se conformam com a prisão do político corrupto

acessibilidade:

Manifestantes que protestavam contra o decreto de prisão do ex-presidente Lula picharam os prédios que sediam a Seção Judiciária do Rio de Janeiro e do Centro Cultural Justiça Federal, na Cinelândia no Centro do Rio, na noite da sexta-feira, 6. As pichações – "Lula livre" e "Pela Democracia" eram algumas delas – foram feitas no fim de uma passeata que começou na Candelária e desfilou pela Avenida Rio Branco.

Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de reclusão, em regime fechado, no caso do tríplex do Guarujá (SP) e teve prisão decretada na quinta-feira (5), pelo juiz Sérgio Moro.

Em nota, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) repudiou o ato. Veja a íntegra:

"A Associação dos Juízes Federais do Brasil – Ajufe, entidade nacional representativa dos magistrados federais do Brasil, vem a público repudiar o ataque realizado ao prédio onde funciona a Justiça Federal no Estado do Rio de Janeiro.

As instituições estão sofrendo agressões que colocam em risco o Estado Democrático de Direito no Brasil.
O récem criado Ministério da Segurança Pública deve tomar as providências urgentes para a garantia da ordem pública e da integridade física das pessoas que enfrentam a corrupção.
Fatos dessa natureza são inadmissíveis e intoleráveis, exigindo-se a imediata identificação e punição exemplar dos autores."