Mais Lidas

'Vingança'

Lula se diz indignado e afirma que impeachment é insanidade de Cunha

Para ele,Cunha colocou interesses pessoais acima do País

acessibilidade:

O ex-presidente Lula saiu em defesa da presidente Dilma Rousseff – somente – na tarde desta sexta-feira. Ele avaliou que a abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff é uma "insanidade" do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ao falar em vingança, Lula, que participou de evento ao lado do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse ainda que Cunha não deveria colocar um problema pessoal acima dos interesses, do País.

“A tarefa maior neste instante é não permitir que essa loucura que o Eduardo Cunha fez ontem tenha prosseguimento. Precisa decidir isso logo. Se a gente for esperar passar Natal, passar fevereiro, passar o Carnaval, qual será o clima político neste País? Qual investidor que vai querer investir no Brasil? Qual empresário brasileiro vai querer colocar dinheiro na economia?”, disse Lula.

O petista aproveitou para criticar a oposição, que, segundo ele, insiste no “terceiro turno” das eleições de 2014. “Aqueles que quiseram fazer o terceiro turno da eleição, caçando a presidenta Dilma na Justiça Eleitoral, agora acharam a possibilidade do terceiro turno com a tese do impeachment, que não tem nenhuma sustentação legal, a não ser uma demonstração de raiva, de ódio”, afirmou Lula, completando que fez oposição a vida inteira, mas que “vocês não viram uma única vez em que perdi as eleições, eu ficar criando caso por causa das eleições”.

Vídeos Relacionados