Mais Lidas

Réu na Lava Jato

Lula chama procuradores de "meninos do MPF" e cobra desculpas

Ex-presidente subiu em palanque no Ceará para posar de 'vítima'

acessibilidade:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, réu na operação Lava Jato, se referiu aos procuradores do Ministério Público Federal que o denunciaram ao juiz Sérgio Moro como o comandante máximo do esquema de corrupção investigado pela Lava Jato como "meninos do MPF". Em vez de refutar as acusações contundentes que fizeram Moro aceitar a denúncia, transformando-o em réu, Lula preferiu manter o script de vitimização, se dizendo "ofendido" e "magoado" por ter, aos 71 anos de idade, a vida "futucada por uns meninos do MPF".

"Ao futucarem a minha vida durante dois anos, eles já disseram que eu tenho um apartamento que não é meu, já disseram que eu tenho uma chácara que não é minha", disse ao insistir não haver provas contra ele. O petista chegou a cobrar um pedido de desculpas dos procuradores. "O cidadão (Deltan Dallagnol) pegue a sua convicção e guarde para ele. Se está dizendo que eu fiz alguma coisa, que prove. Se não provar, peça desculpas. Não é vergonha pedir desculpas. Mas parece que ele não sabe", comentou, ao lado do governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e a mulher dele, Onélia.

Em palanque montado para o candidato petista a prefeito de Barbalha (CE), Fernando Santana, Lula disse que ele e Dilma fizeram mais pelos pobres e pelo Ceará do que qualquer outro presidente brasileiro. O ex-presidente fez questão de citar a ajuda dos irmãos Ciro e Cid Gomes (PDT), aliados, segundo ele, nos bons e maus momentos, mas nenhum dos dois se arriscou a aparecer na foto com mais novo réu da Lava Jato.

Vídeos Relacionados