Mais Lidas

FRUSTRAÇÃO NA UNCISAL

Lista de aprovados é anulada e vestibular terá novo resultado, em Alagoas

Reitor diz que somente anula vestibular, se não houver correção

acessibilidade:

O Instituto AOCP, responsável pelo vestibular da Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), anulou o resultado do processo seletivo divulgado na última sexta (19), alegando problemas técnicos. O reitor Henrique Costa disse ter sido surpreendido pelo cancelamento do resultado e anunciou que uma nova lista de aprovados será divulgada nesta terça-feira (23), com ampla divulgação das provas e da base de cálculos das notas.

Na entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda-feira (22), o reitor da Uncisal afirmou que a possibilidade de realização de um novo vestibular só deve ser avaliada, caso tenha havido erro gravíssimo que não possa ser corrigido.

Henrique Costa também informou que a instituição avaliará como tratará o caso dos 13 estudantes que chegaram a fazer matrículas, somente após a divulgação da nova listagem de aprovados. As matrículas foram iniciadas hoje, antes do anúncio do cancelamento do resultado.

“Nós entendemos a dor dessas pessoas que, por ventura, tenham se sentido lesadas por esses problemas. Se for algo gravíssimo, que não possa ser corrigido, vamos sim realizar um novo certame, mas se for algo pontual, essa possibilidade de fazer um novo vestibular está descartada. Não sabemos a gravidade desse erro. Como reitor, espero que as mudanças não sejam tão significativas, mas tudo depende da gravidade do problema. Pode ocorrer de ter uma grande mudança no resultado, mas espero que não”, disse o reitor da Uncisal, na entrevista coletiva.

O reitor disse que o setor de tecnologia da informação do Instituto AOCP detectou o problema na lista divulgada, no sistema de cálculos das notas.

'E AGORA?'

Anderson passou em 9º em Medicina (Foto Rafael Maynart/Gazetaweb)A seleção envolve vagas para os seguintes cursos oferecidos pela Uncisal: de graduação em Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional e Enfermagem; e tecnológicos de Sistemas para Internet, Tecnologia de Alimentos, Gestão Hospitalar, Radiologia e Sistemas Biomédicos.

Aprovado em 9º lugar para o curso de Medicina, Anderson Alexandre, fez a matrícula na manhã de hoje e recebeu uma declaração da universidade admitindo oficialmente o seu ingresso no curso.

“Vim até a Uncisal e fiz a matrícula dentro do prazo contido no próprio edital. Porém, após decidirem anular o resultado, ninguém mais conseguiu se matricular. Agora, não sei se estou dentro ou fora. Aceitaram meus documentos e, agora, vão cancelar minha matrícula?”, questionou Anderson Alexandre, em entrevista ao portal Gazetaweb.

Na tarde de hoje, pais e candidatos foram recebidos pelo procurador-geral da República, Alfredo Gaspar de Mendonça. E receberam o compromisso de que o Ministério Público Estadual analisará o caso e defenderá os direitos coletivos dos envolvidos. (Com informações da Gazetaweb)