Mais Lidas

Hospital da Marinha

Invasão de atirador em hospital Naval de San Diego é "alarme falso"

Uma pessoa alertou para o que "acreditava" ser disparos de arma

acessibilidade:

A suposta invasão de um atirador em no Hospital Naval de San Diego, na Califónia (EUA), foi considerada um "alarme falso" pelas autoridades americanas. Militares da Marinha americana ainda estão no hospital, realizando buscas, mas "absolutamente nada" foi encontrado até agora, segundo um representante da força armada americana.

Teriam sido ouvidos três disparos no hospital e a suspeita era de que um homem armado invadiu o local nesta terça-feira (26), por volta das 8h, 14h pelo horário de Brasília. Não havia informações sobre feridos, mas a unidade foi fechada. Após as forças policiais averiguarem o ocorrido, nenhum atirador ou vítimas foram encontrados.

Por meio da sua página no Facebook a direção do centro médico orientou a todos que se protegessem, “todas as pessoas dentro do prédio foram avisadas a correr, se esconder ou lutar”.

No local trabalham mais de 6.5 mil pessoas, entre eles civis, militares, voluntários e terceirizados.

Agentes da polícia de San Diego bloquearam a área ao redor do hospital, interrompendo a passagem de carros e pedestres.