Bota-fora

Impeachment: ação de Bicudo só depois do TCU

Cunha: impeachment vai esperar o desfecho do processo no TCU

acessibilidade:

 

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em pé de guerra com o Planalto, vai esperar o Tribunal de Contas da União decidir sobre as “pedaladas fiscais” de Dilma para dar prosseguimento ao pedido de impeachment da presidente, assinado pelo fundador do PT Hélio Bicudo. Mesmo com a declaração de Cunha de que a decisão não interfere no processo, a oposição quer afastar pecha de ‘golpismo’.

O ministro Bruno Dantas (TCU) revelou que a ação deve ser concluída no começo de outubro. O tribunal vai deliberar no dia 7 ou 14.

O ex-presidente Lula aconselhou a reconciliação com PMDB “o quanto antes” para resolver dois problemas: os vetos e o impeachment

A Câmara já recebeu 31 pedidos de impeachment da presidente Dilma. O mais robusto é o assinado por Bicudo e pelo jurista Miguel Reale. Leia mais na Coluna Cláudio Humberto

 

 

Reportar Erro