Mais Lidas

Crise econômica

IBGE: Desemprego sobe para 7,9% no 1º tri de 2015

Região Nordeste teve a maior taxa desocupação do país, 9,6%

acessibilidade:

A taxa de desemprego do Brasil subiu a 7,9% no primeiro trimestre deste ano, ante 6,5% no quarto trimestre de 2014, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a maior taxa desde o primeiro trimestre de 2013, quando atingiu 8%.

No Estado de São Paulo, a taxa de desemprego ficou em 8,5% no período, resultado acima do observado no quarto trimestre de 2014 (7,1%) e no primeiro trimestre do ano passado (7,2%).  É a primeira vez que o IBGE divulga a taxa de desemprego para todas as unidades da Federação pela Pnad Contínua. A maior taxa de desemprego do País no primeiro trimestre deste ano foi observada no Rio Grande do Norte (11,5%), enquanto a menor foi verificada em Santa Catarina (3,9%).

Por regiões, o Sudeste registrou uma taxa de desemprego de 8% no primeiro trimestre de 2015, ante 7% em igual período de 2014. No Sul, a taxa de desocupação ficou em 5,1% nos primeiros três meses deste ano, contra 4,4% na mesma base de comparação.

Já no Nordeste, a taxa de desemprego ficou em 9,6% no primeiro trimestre de 2015, contra 9,3% no mesmo período de 2014. No Centro-Oeste, a desocupação ficou em 7,3% nos três primeiros meses deste ano, ante 5,9% no primeiro trimestre do ano passado. No Norte, a taxa de desemprego foi de 8,7% entre janeiro e março de 2015, contra 7,7% em igual período de 2014. (AE)

Vídeos Relacionados