Mais Lidas

Hora de balanço

acessibilidade:

Os adversários do ex-governador de Alagoas, Ronaldo Lessa, cobravam um balanço nos sinais exteriores de riqueza ou de pobreza dos seus auxiliares. É que, ao tomar posse, em 1999, Lessa fez uma reunião do secretariado, aberta à imprensa, quando os secretários se queixaram de que ganhavam pouco. O governador foi logo avisando:

– Uma coisa fica clara: quem sair rico do meu governo é porque roubou!

Alguns caíram na gargalhada, outros sorriram amarelo. Até hoje.