Base do governo

Governo busca com reforma melhoria na governabilidade

Dilma tenta acalmar ânimos no Congresso com mudanças na Esplanada

acessibilidade:

Tendo à frente a necessidade de aprovação de um pacote fiscal no Congresso, além da possibilidade de instalação de um processo de impeachment, a presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira, 02, que o anúncio da reforma ministerial tem a proposta de organizar a base do governo. Segundo ela, o governo busca uma maioria que melhore a governabilidade.

Dilma, que ampliou o espaço do PMDB na Esplanada dos Ministérios, disse que, se o governo errou, é preciso consertar os erros, mas que, para isso, é preciso estabilidade política para que o País volte a crescer. "Precisamos colocar os interesses do País acima dos interesses partidários", disse.

Segundo ela, o redesenho busca construir um ambiente de diálogo e respeita os partidos. "Fazem parte da coalização que me elegeu e têm direito de governar comigo", afirmou, ressaltando que essa coalizão está agora mais equilibrada. "Governos de coalizão, como o meu, precisam de apoio do Congresso".

Dilma disse que é preciso dialogar com o Congresso para a aprovação de políticas, leis e medidas provisórias que acelerem a saída da crise. "Controle da inflação e ajuste aprovado pelo Congresso podem contribuir para a retomada do crescimento", afirmou. De acordo com a presidente, medidas não significam que o País superou dificuldades, mas há processo de avanço.

A presidente ressaltou que, apesar de cortes profundos do ajuste fiscal, o governo continua implementando políticas para a população, citando a continuidade de programas como o Minha Casa Minha Vida e o Pronatec. "Essas políticas são as bases para o novo ciclo de crescimento e desenvolvimento."(AE)

Reportar Erro