Mais Lidas

Filósofo comunista

acessibilidade:

Professor de Filosofia no Recife, Pessoa de Moraes foi chamado para depor no DOI-Codi, logo após o golpe de 1964, para explicar sua posição algo esquerdista. A primeira pergunta foi sobre a sua visão da doutrina marxista. Morais falou durante quase uma hora. A segunda resposta levou trinta minutos. A terceira, sobre o que achava do “momento político”, ele atacou:

– Como diria o filósofo alemão Kierkegärd…

– Dr. Pessoa – interrompeu o oficial, exausto – o senhor está dispensado.

Reportar Erro