Sonegação de impostos

Fazenda Nacional bloqueia R$ 188,8 milhões de Neymar Jr

Valor é da época em que ele era jogador do Santos Futebol Clube

acessibilidade:

A Procuradoria da Fazenda Nacional determinou o bloqueio de R$ 188,8 milhões do jogador de futebol Neymar da Silva Santos Júnior. Mais um problema com a justiça, além daquele referente a sua transferência para o Barcelona.

Os motivos são dolo, simulação de operações na tentativa de enganar o Fisco, fraude e sonegação de impostos. Conforme revelou o jornal Correio Braziliense. Os impostos teriam sido sonegados durante os anos de 2011 a 2013, quando Neymar ainda jogava pelo Santos.

A Fazenda questiona a maneira como o jogador declarava seus salários. Neymar alegava que 90% do valor de seu salário era referente a direito de imagem. Esse valor ia direto para a conta de uma das empresas de seu pai, recebendo assim uma tributação diferenciada e menor. A Justiça entende que os impostos não deveriam ser diferentes e que o jogador deveria ter pago sobre tudo que ganhava.

O que chamou atenção da Justiça foi o fato de Neymar não ter nenhuma propriedade em seu nome e apenas 8% do seu patrimônio estar no seu nome.

Essa é a segunda vez que é solicitado o bloqueio dos bens do jogador, mas da primeira vez o desembargador Carlos Muta havia negado o pedido. Desta vez, o  desembargador do TRF da 3ª Região acatou o pedido e decidiu bloquear o valor, alegando que existia o risco do jogador dividir com outras pessoas ou gastar o valor do patrimônio, e desta forma lesar os cofres públicos. 

Reportar Erro