Mais Lidas

Estranho contato

acessibilidade:

Era a primeira vez que Leonel Brizola visitava o Congresso após o exílio, quando alguém se aproximou com os braços abertos:

– Que honra encontrá-lo, governador!

– Sinceramente – respondeu Brizola – não sei se o senhor é quem eu estou pensando, por isso não quero dizer um nome que o ofenda…

O homem fingiu não ouvir aquilo e disse que São Paulo está às ordens de Brizola. Era Paulo Maluf, que foi embora cabisbaixo, por não ter sido reconhecido. Brizola se virou para Pedro Simon e Paulo Brossard:

– Barbaridade, quem é esse cara de pau, tchê?

Reportar Erro