Mais Lidas

Acidente em Santos

Morte de Eduardo Campos comove o País

Consternação pela morte de Eduardo Campos toma conta dos brasileiros

acessibilidade:

Causou grande choque, em todo o País, a morte do candidato presidencial e ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que estava a bordo do jatinho Cessna 560XL que caiu na manhã de hoje (13) sobre residências na cidade de Santos, litoral sul de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu, por volta das 10h, em uma casa na altura do número 50 da Rua Vahia de Abreu, na esquina com a  Rua Alexandre Herculano, no bairro do Boqueirão. Com sua morte, a coligação de sua candidatura tem o prazo legal de dez dias para apontar o substituto, e a solução mais provável é de sua companheira de chapa, Marina Silva.

Uma fonte do PSB confirmou que o presidenciável Eduardo Campos estava a bordo e também confirmou que candidata a vice, Marina Silva, não estava a bordo da aeronave. De acordo com informações do comitê de campanha do PSB, outros assessores estavam no avião com o candidato. A lista de passageiros inclui o ex-deputado e assessor do candidato Pedro Valadares Neto, o assessor Carlos Augusto Leal Filho, conhecido como “Percol”, Alexandre Severo Silva, fotógrafo oficial, e o cinegrafista oficial da campanha Marcelo Lyra. A Aeronáutica confirmou que havia sete pessoas a bordo do avião, sendo dois deles pilotos. A FAB também informou que já recolheu as caixas pretas do avião e iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, a aeronave é um Cessna 560XL, prefixo PR-AFA,  que decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

Veja a nota da Aeronáutica na íntegra:

O Comando da Aeronáutica informa que nesta quarta-feira (13/08), por volta das 10h, uma aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, caiu na cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

A aeronave decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

Brasília, 13 de agosto de 2014.

Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic

Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Reportar Erro