Mais Lidas

Simpatia é quase amor

Dilma já não sente 'asco' por Cunha; até o recebeu para jantar

Após condecorá-lo mais cedo, Dilma jantou com Cunha no Alvorada

acessibilidade:

Em um esforço para melhorar a interlocução política com o PMDB e reduzir os atritos com um dos maiores desafetos do Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff convidou para um jantar no Palácio da Alvorada o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Cunha e Dilma jantaram na noite desta quinta-feira (16) no Alvorada. O peemedebista chegou ao palácio acompanhado de sua mulher, jornalista Cláudia Cruz. É uma mudança radical de atitude de Dilma, que até o ano passado se recusava até mesmo a frequentar ambiente onde poderia encontrar o deputado, quando ele era líder do PMDB na Câmara. Dizia sentir "asco" por ele.

Pela manhã, Dilma e Cunha estiveram juntos em cerimônia alusiva ao Dia do Exército, em Brasília. Cunha foi uma das autoridades condecoradas e cumprimentou a presidente com beijinhos ao chegar à solenidade.