Vaias no Itaquerão

Aécio: sitiada, Dilma só pode aparecer em público protegida

acessibilidade:

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou no Rio de Janeiro que a reação da torcida à presença da presidente Dilma Rousseff, no Itaquerão, durante a abertura da Copa do Mundo, mostrou que fica para a História “é que tivemos, depois de algumas décadas, no mundo, uma Copa do Mundo em que o chefe de Estado não se vê em condições de se apresentar à população. Isso é reflexo do que está acontecendo com o Brasil.”

– Temos uma presidente sitiada, uma presidente que só pode aparecer em eventos públicos protegida. É dessa forma que ela fará a campanha. Isso, mais do que qualquer palavra minha, retrata o que vem acontecendo no Brasil, o sentimento dos brasileiros em relação ao governo.

Ao ser indagado se esperava a reação da torcida, nojogo de abertura da Copa, Aécio disse que não, nem torce por isso, ” mas acho que é o sentimento que existe hoje no Brasil. Não em relação à própria presidente em especial, mas a tudo que vem acontecendo no governo. Acho que a realidade é que temos hoje uma presidente sitiada, só pode aparecer em público muito protegida. E aí, usa e abusa de instrumentos de Estado para fazer o seu proselitismo político, como aconteceu mais uma vez essa semana, em mais uma convocação de mais uma cadeia de radio e televisão.

Reportar Erro