Mais Lidas

Combate ao mosquito

Dilma dá aula e ensina que quem pica é a mosquita

Pelo menos 27 ministros também visitaram escolas em todo o País

acessibilidade:

A presidente Dilma Rousseff teve um dia de professora nesta sexta-feira (19) no Colégio da Polícia Militar Alfredo Vianna, Juazeiro (BA). O tema da apresentação foi o combate ao mosquito Aedes aegypti e a relação do aumento de casos de microcefalia com o vírus Zika.

Os 370 alunos ouviram da presidente, “Você tem o mosquito e a mosquita. O mosquito gosta de frutas, ele não pica nem extrai sangue das pessoas. Quem faz isso é a mosquita. É a mosquita que pica. E é quando ela pica que contamina, porque é a mosquita que transporta o vírus da zika”.

A presidente utilizou uma linguagem coloquial, além de metáforas e onomatopeias, para explicar a origem do mosquito, ela utilizou um slide do power point com um mapa do continente americano, "eu vou mostrar de onde vem o tal do vírus da zika. Ele veio da África, de um país chamando Uganda, que tem uma montanha chamada zika”.

Para afirmar porque era importante eliminar os focos de água parada, “Aonde o mosquito não vai? Aonde tem peixe, porque o peixe come a larva do mosquito. Se você tiver um laguinho e tiver um peixe dentro, o mosquito já era. Porque o peixe vai lá e 'babau' para o mosquito".

A aula de Dilma fez parte de mais uma iniciativa do governo no esforço de mobilizar as pessoas no combate ao Aedes aegypti. Pelo menos 27 dos 31 ministros também visitaram escolas em todo o País nesta sexta. 

Reportar Erro