Sob tutela do Estado

DF: Distrital propõe pensão a família de menina afogada

Distrital pede que Executivo envie projeto de pensão para família de Geovana

acessibilidade:

Vítimas do descaso, familiares da pequena Geovana, de 6 anos, que morreu afogada enquanto dormia dentro de um ônibus alagado pelas águas da chuva em Ceilândia, poderá ter direito a pensão vitalícia. O líder do Bloco PT/PRB na Câmara Legislativa, Chico Vigilante, vai encaminhar um indicativo para que o Executivo mande à Câmara um projeto que viabiliza a pensão à família.

O deputado distrital entende a responsabilidade do Estado no incidente que vitimou a inocente Geovana. ?As crianças estavam sob a tutela do Estado, em um ônibus alugado pelo Estado?, aponta. Ele negocia com o governo o envio do projeto de lei para que os distritais aprovem e garantam o benefício. ?Não é uma benesse, mas fazer o Estado assumir as responsabilidades dele?, emenda.

Para estipular os valores pagos à família, o apoio jurídico do governo do Distrito Federal deverá calcular a idade da menina e expectativa de vida que ele teria, estimada para mulheres em 78 anos. Feitas as contas, as é definido um valor e enviado por meio de projeto de lei ao Legislativo. Ainda não há estimativa de quanto deverá ser esse benefício.

A pequena Geovana Moraes de Oliveira dormia enquanto o ônibus em que estava inundou de água da chuva na última terça-feira (8). A chuva forte invadiu o veículo, que estava cheio de crianças. Policiais que passavam pelo local ajudaram no socorro. Quatro crianças foram levadas ao hospital da cidade por terem ingerido muito líquido e passam bem. O motorista do escolar será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.