Mais Lidas

Justiça Eleitoral

Defesa de Garotinho diz que PF apreendeu itens que não constavam de mandado

Apreensão supostamente indevida anima advogados de Garotinho

acessibilidade:

Anthony Garotinho.Advogados ligados ao ex-governador Anthony Garotinho, que cumpre prisão domiciliar por ordem do juiz eleitoral de Campos dos Goytacazes, afirmam que ao cumprirem mandado de busca, policiais federais apreenderam material que não constava de ordem judicial contra o ex-governador. Ele está preso no âmbito da Operação Chequinho, que investiga denúncia de compra de votos no município.

A defesa de Garotinho não informou que tipo de material teria sido apreendido ilegalmente, mas prometem abrir mais um round da briga com autoridades do município.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro negou recurso de Garotinho contra o decreto de prisão em regime domiciliar.

Por meio de assessoria, os advogados afirmam que pretendem ingressar com pedidos no juízo e na Polícia Federal para que o material seja devolvido.

Vídeos Relacionados