Mais Lidas

embargos infringentes

publicitário Cristiano Paz recorre ao processo do mensalão

Condenado a quase 26 anos, Cristiano quer revisão de pena de dois anos

acessibilidade:

Condenado a 25 anos, 11 meses e 20 dias de prisão no processo do mensalão, o publicitário Cristiano Paz entrou com recurso infringente ao Supremo Tribunal Federal nesta tarde contra a manutenção da pena no delito de formação de quadrilha. Ele foi condenado pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro, peculato e formação de quadrilha e recebeu multa de R$ 2,5 milhões, mas tem direito a revisão porque obteve quatro votos pela absolvição na pena, que ficou definida em 2 anos e 3 meses de prisão. O prazo para apresentação dos embargos infringentes termina no dia 11 de novembro.

 

 

 

Reportar Erro