Investigação

CPI da Funai e Incra aprova quebra de sigilos bancários de ONGs

Nomes das ONGs e associações, entretanto, foram mantidos em sigilo

acessibilidade:

A CPI que investiga suspeitas de falcatruas envolvendo Funai e Incra aprovou nesta quarta (6) a quebra dos sigilos bancários de organizações não-governamentais (ONGs) e outras associações citadas por depoentes ouvidos pela comissão.

O objetivo é colher provas do recebimento e utilização ilegal de recursos públicos repassados a essas entidades. Apesar do enorme interesse da população em saber para onde vai e como é usado o seu dinheiro, os nomes das ONGs e associações serão mantidos em sigilo para não atrapalhar as investigações.