Espionagem do pré-sal

CPI investiga furto de computadores da Petrobras

acessibilidade:

Após a informação de que os dados do pré-sal não estão na internet, os senadores se atentaram ao fato de terem furtado computadores da Petrobras em 2008, no Rio de Janeiro. Em reunião na tarde desta terça-feira (24), a CPI da Espionagem quer obter da Polícia Civil informações sobre o furto dos computadores portáteis.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) estuda pedir da Polícia Civil do Rio de Janeiro e da Polícia Federal as cópias dos inquéritos destinados a apurar o furto. Ele acredita que os laptops continham informações importantes sobre a exploração de petróleo no Brasil. A reunião é conduzida pela presidente da CPI, senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) na sala 3 da Ala Senador Alexandre Costa do Senado Federal.