Mais Lidas

Excesso de peso

Correios é multado em R$ 2 milhões por más condições de trabalho

acessibilidade:

A 6ª Vara do Trabalho de Campinas acatou pedido do Ministério Público do Trabalho e multou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos em R$ 2 milhões por exigir que carteiros carreguem muito peso por longas distâncias. Sindicatos denunciaram que os profissionais percorriam 15 quilômetros carregando peso que superava 12 quilos, quase o dobro do permitido por lei.

A decisão judicial limitou o percurso dos carteiros de até sete quilômetros diários, ?independente do fluxo regional de correspondências, das particularidades das mais diversas regiões deste país e das modalidades de trajetos percorrido?. Os limites máximos de peso nas bolsas dos profissionais foram limitados a 10 quilos para homens e 8 quilos para mulheres.

As obrigações devem ser cumpridas 30 dias após publicação da decisão, independente do trânsito em julgado, sob pena de multa de R$ 30 mil por infração e por constatação de irregularidade em todo o território nacional, até o limite de R$ 10 milhões, com reversão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador.