Mais Lidas

O principe das startups

Contra Trump, popstar Prince investiu em startups ecológicas antes de morrer

Em 2016, o capital de risco forneceu US$ 4,3 bilhões para a energia não poluente, menos de um décimo do recorde de US$ 50,2 bilhões em 2007.

acessibilidade:

Em 2015, o ícone da música pop Prince investiu US$ 250 mil em energia verde. Graças à generosidade anônima do astro, a incubadora "Powerhouse", hoje, fortalece startups voltadas à energia solar na batalha que o presidente Donald Trump travou cotra o Vale do Silício, berço de gigantes da tecnologia como o Facebook.

O republicano planeja cortar os fundos do Departamento de Energia, destinados à fomentação de negócios em estágios iniciais. A informacão é do Business Insider

Uma das poucas companhias do setor ecológico voltadas à atividade econômica, a Powerhouse conseguiu erguer 43 startups numa época em que o financiamento com capital de risco para as fontes de energia renováveis havia caído por terra. Em 2016, o capital de risco forneceu US$ 4,3 bilhões para a energia não poluente, menos de um décimo do recorde de US$ 50,2 bilhões, em 2007.

A incubadora não revela quanto dinheiro tem feito, mas demonstra orgulho ao afirmar, em seu website, que cerca de 50% dos empreendimentos financiados por Prince foram fundados por mulheres e minorias sociais. O caráter inclusivo representa uma quebra de paradigmas para o setor.

Reportar Erro